Opinião

Qual é sua oferta de valor?

Na última semana tive a oportunidade de participar do Seminário Otimização de Custos com Saúde Corporativa e nessa ocasião estavam presentes agentes de cada área, contratantes, operadoras e prestadores de serviços médicos hospitalares. Continue lendo e saiba os principais movimentos dos grandes players do mercado

Veja Mais
Visão dos desafios do setor pela Fenasaúde

Fenasaude sempre me impressionou pela qualidade naquilo que faz. Confesso que, como atuária que iniciou a carreira no mercado segurador, sempre admirei a CNseg (Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais) e, desde a criação da Fenasaúde, sua atuação no mercado da saúde suplementar tem sido marcada por colocações altamente qualificadas, conteúdo relevante e participação ativa no segmento.

Veja Mais
Longevidade X Saúde Bucal

O Brasil está envelhecendo. O crescimento do número de idosos com aumento da expectativa de vida para 76 anos. O salto foi de 19,5%, ou seja, de 25,4 milhões para 30,2 milhões de indivíduos. E as projeções mostram um crescimento significativo para 2025, sendo superior a 32 milhões.

Veja Mais
Resolução da CMED

Primeiro vamos a um breve resumo dos fatos: conforme a imagem abaixo, em março de 2009, uma resolução da CMED proibiu hospitais e clínicas de comercializar medicamentos; em 2011, a ANS publicou a RN 241 proibindo a existência de margem de comercialização para medicamentos em contratos de prestação de serviços; em 2014, a ANS revogou a RN 241;

Veja Mais
Seminário da ANS - Ouvindo os contratantes: como consumidores de planos de saúde coletivos podem participar das decisões regulatórias?

No dia 30 de agosto de 2018, ocorreu o seminário da ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar – no Rio de Janeiro, com os contratantes de planos de saúde coletivos... A ideia do evento foi debater sobre a legislação vigente e suas possíveis alterações, bem como ouvir sugestões dos referidos contratantes. Veja artigo sobre o evento

Veja Mais
Empresário Individual

Publicamos em janeiro desse ano a orientação jurídica acerca da RN 432 que trata da contratação de plano privado de assistência à saúde coletivo empresarial por empresário individual. Essa norma foi muito esperada por diversas operadoras e em especial as que tem como objetivo o crescimento da carteira de contratos coletivos empresariais de até 29 vidas, os chamados “PME’s”.

Veja Mais
Impacto das novas regras de coparticipação de planos de saúde da ANS

A reforma das regras de coparticipação de planos de saúde da ANS, traz impactos significativos sobre a lógica econômica dos planos de saúde e merece um debate mais amplo

Veja Mais
Contrariando a crise, mercado de planos odontológicos cresce e gera oportunidades

Em artigos anteriores, apontei que mesmo com a crise que o país enfrentou e ainda enfrenta, o mercado de odontologia cresceu, ganhando a atenção da população e se tornando cada vez mais relevante, embora ainda não atinja uma parte da população, seja por desconhecimento ou por instabilidade econômica.

Veja Mais
Inovação em Saúde

Aconteceu no dia 08 de agosto de 2018 o Health Innovation Summit 2018, encontro para discutir sobre uma nova perspectiva para a indústria da saúde, continue lendo e saiba sobre os modelos com ideias inovadoras e soluções úteis e sustentáveis...

Veja Mais
Por quê a ANS pretende exigir o TAP das Operadoras?

Na consulta pública nº 67, encerrada há poucos dias, a ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar propôs que as operadoras apresentem o TAP - Teste de Adequação de Passivo espontaneamente até 2022 e, ...

Veja Mais
Quais os planos da sua Operadora para o futuro?

Muito antes da crise econômica no nosso país, o segmento de Saúde Suplementar já sinalizava o risco de se tornar insustentável em médio a longo prazo, afetando toda a cadeia envolvida neste mercado....

Veja Mais
Qualidade Assistencial

A transparência da informação poderá trazer avanços muito significativos para a saúde das pessoas, seja na saúde pública como na privada, ficou evidente o quanto ainda temos a caminhar neste sentido para o mercado brasileiro.

Veja Mais
O risco que corre o setor de saúde suplementar

O Setor de Saúde Suplementar vem sofrendo constantes mudanças que afetam todo o mercado nacional desde o marco regulatório advindo da Lei 9656.
A cada ano surgem resoluções e instruções normativas que alteram toda operação, as quais, em muitos casos, trouxeram ordem, organização, transparência e até justiça. Sem contar com a ampliação da cobertura do rol de procedimento que já é esperada a cada dois anos.

Veja Mais
Novas Provisões à Vista

Nesta última sexta feira se encerrou o prazo para contribuições á Consulta Pública de número 68 (CP68), que traz proposta de alterações na normativa RN 393, norma reguladora das provisões exigidas das operadoras de planos de saúde. 

Veja Mais
Mecanismos de Regulação

Apesar de toda a movimentação acerca do assunto, que terminou com a revogação da atual regulamentação, os mecanismos de regulação e custeio da saúde suplementar já existem desde 1998, porém somente agora a ANS decidiu por regulamentar referidos mecanismos, através da RN 433/2018.

Veja Mais
Ninguém entendeu nada - Uma reflexão sobre a decisão de Cármem Lúcia - RN 433

Coube a ilustre presidente do STF adentrar em questão polêmica para o setor de saúde suplementar, não sem provocação, é claro, este papel coube a OAB, que num rompante incumbiu-se do papel de Don Quixote, empunhando como lança a palavra e como escudo os meios de comunicação que tão entendidos são sobre o assunto que chegaram a confundir a decisão proferida com o famigerado reajuste anual dos planos individuais.

Veja Mais
Mecanismos de Regulação – Processo Operacional

A ANS editou em junho as novas regras para os mecanismos de regulação, como resultado de uma discussão iniciada em 2016. A nova Resolução Normativa trouxe critérios mais claros do que a CONSU nº 08/98, estabelecendo limites de 40% para a cobrança das coparticipações, limites de cobranças mensais e anuais, entre outras mudanças.

Veja Mais
Margem de Solvência x Nota Técnica de Inadimplência x RN 430

A Margem de Solvência é uma referência quanto ao valor mínimo de patrimônio líquido a ser mantido pelas Operadoras, ajustado por efeitos econômicos, para operar planos de saúde e garantir a solvência de sua operação, ou seja, honrar os compromissos futuros.

Veja Mais
Audiência pública: Incentivo a melhor desempenho em saúde

No dia 12 de junho de 2018 a Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS realizou uma Audiência Pública no Rio de Janeiro, com o intuito de receber sugestões da sociedade para ajudar a melhorar o desempenho em saúde das operadoras. A ideia foi debater sobre incentivos econômico-financeiros, destacando operadoras que apresentam melhores resultados para os seus beneficiários.

Veja Mais
IDSS 2019 - Revisão da Metodologia ano base 2018

A ANS já está trabalhando na revisão do IDSS para o ano de 2019, haja vista que todo ano propõe novas regras para o Programa de Qualificação de Operadoras. A ANS está implantando indicadores que busquem induzir as Operadoras a adotarem em suas diretrizes ações de promoção e de qualidade assistencial, propondo, dessa forma, uma melhor qualidade assistencial para os beneficiários.

Veja Mais
TOP