Opinião

O futuro dos planos de saúde no Brasil

Como garantir o futuro dos planos de saúde em meio a um mercado que entrou em colapso? Confira no artigo do especialista Luiz Fernando

Já faz tempo que a Saúde Suplementar do país entrou em colapso. Consequentemente, há uma grande preocupação de todos os envolvidos neste mercado, como: operadoras, prestadores de serviço, beneficiários, fornecedores de materiais e medicamentos, judiciário e ANS.

Veja Mais
Sobre o uso consciente do plano de saúde

O uso consciente do plano de saúde é algo benéfico tanto para as operadoras quanto para os beneficiários – saiba mais

Recentemente, apresentei o Estudo de Diagnóstico de Carteira – um projeto que traz uma análise sobre as características, comportamento e utilização de serviços médicos de operadora comparado a análises estatísticas de dados do mercado – para um de nossos clientes.
 

Veja Mais
IDSS 2020 – Conheça as principais mudanças para o Índice de Desempenho da Saúde Suplementar

Conheça como é calculado o Índice de Desempenho da Saúde Suplementar e as novidades para o IDSS 2020

O prazo para as operadoras divulgarem o IDSS – Índice de Desempenho da Saúde Suplementar, nota que reconhece e qualifica os serviços de uma operadora – relativo a 2017 se encerrou em 16 de outubro deste ano. 

Veja Mais
Peona e Peona SUS: as vantagens em adotar uma metodologia própria de cálculo

Peona: as vantagens em adotar uma metodologia própria de cálculo

Confira como é possível e quais as vantagens de se adotar uma metodologia própria de cálculo da Peona

Em meu último artigo, falei um pouco sobre as garantias financeiras e as provisões técnicas exigidas pela ANS
 

Veja Mais
Despesas assistenciais e novos modelos de remuneração da saúde suplementar

Saiba mais sobre o cenário das despesas assistenciais e modelos de remuneração que podem ajudar na sustentabilidade da saúde suplementar

Grande parte da despesa total das operadoras de planos de saúde – de 80% a 95% – é representada pelas despesas assistenciais, aquelas destinadas ao pagamento de médicos, clínicas, laboratórios, hospitais, prestadores de serviços e fornecedores de materiais e medicamentos.

Veja Mais
Sua operadora adota práticas mínimas de governança corporativa?

Saiba do que se trata a RN 443 da ANS e a importância da governança corporativa em operadoras de planos de saúde

A RN 443/2019, que dispõe sobre adoção de práticas mínimas de governança corporativa - com ênfase em controles internos e gestão de riscos -, já é uma realidade em diversas operadoras de planos de saúde.

Veja Mais
As melhores dicas de atenção primária à saúde para operadoras

Confira as melhores dicas de atenção primária à saúde e saiba o que fazer, na prática, para ter sucesso com esse tipo de produto!

Nesses longos anos de consultoria, notei que vários modelos de APS desenhados não saíram do papel; vários projetos pilotos iniciados foram abandonados. Mas não quer dizer que esse tipo de produto não pode ser positivo para operadoras de planos de saúde.
 

Veja Mais
Vamos falar sobre o Teste de Adequação de Passivo?

Você sabe o que é e para que serve o Teste de Adequação de Passivo? Saiba mais sobre o TAP neste artigo

Em 2018, a ANS - Agência Nacional de Saúde Suplementar abriu a consulta pública nº 67, que propunha a apresentação do TAPTeste de Adequação de Passivo espontaneamente pelas operadoras.

Veja Mais
LGPD: congresso conclui MP que cria a Autoridade Nacional de Proteção de Dados

Conheça as atribuições da Autoridade Nacional de Proteção de Dados - ANPD

Ainda falando sobre a Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD, o Senado finalizou a votação da medida provisória que criou a Autoridade Nacional de Proteção de Dados – ANPD. Ao todo, o Presidente tinha sancionado a Lei com 13 vetos – os senadores mantiveram os vetos do Executivo.

Veja Mais
Gestão financeira de operadoras: o que você precisa saber para ter uma operação sustentável

Confira os principais quesitos necessários para fazer uma gestão financeira de operadoras eficiente e sustentável

Digamos que você já conseguiu autorização de funcionamento para a sua operadora odontológica e registrou os seus produtos e os precificou corretamente. Agora, a questão mais importante é: você sabe quais são as boas práticas de gestão financeira de operadoras que dão sustentabilidade econômica ao seu negócio?

Veja Mais
Alteração de coparticipação em plano de saúde

Saiba mais sobre a alteração da coparticipação em plano de saúde

Constantemente, eu recebo perguntas sobre coparticipação em plano de saúde. Sendo assim, neste artigo eu apresentarei algumas considerações que julgo serem importantes a respeito do tema.

Veja Mais
Atendimento médico online: a proposta é boa, mas ainda precisa de ajustes

Conheça como foi a minha experiência com o atendimento médico online e a minha conclusão sobre esse novo modelo

Em um artigo recente, eu falei sobre a consulta médica domiciliar como um recurso de controle de desperdício para as operadoras de planos de saúde. Mas existe uma “modalidade” desse serviço que está ganhando bastante espaço no mercado, é o atendimento médico online.

Veja Mais
Comprovação da realização de procedimentos odontológicos

O que diz a ANS sobre exames de risco para comprovação da realização de procedimentos odontológicos

Sempre que a sociedade pública solicita esclarecimentos sobre eventuais posicionamentos da ANS, a agência formaliza pareceres técnicos que tratam dos questionamentos sobre a saúde suplementar.

 

Veja Mais
Modelos de Saúde e Atenção Primária

Novos modelos de atenção à saúde tem sido uma discussão recorrente em eventos do setor.

Em palestra de Drauzio Varella no Congresso Abramge de 2019 assistimos uma abordagem interessante. Eterno professor de incrível sabedoria nos mostrou como a lógica na saúde, seja ela pública ou privada, está estruturada de maneira que o responsável pelo cuidado fica blindado das questões econômicas. 

Veja Mais
Precificação de serviços odontológicos: saiba como melhorar seus resultados

Confira o que você deve considerar na precificação de serviços odontológicos da sua operadora

No meu último artigo, eu falei sobre a saga que é registrar uma Operadora de Plano Odontológico na ANS do zero e tudo o que deve ser considerado para que o seu negócio tenha sucesso e prosperidade. Pois bem...

Veja Mais
NÃO DEIXEM O SUS ACABAR... APRENDAM COM ELE!

Após doze anos militando no SUS e vivenciando todas as dificuldades e agruras das quais a saúde pública é submetida neste país migrei para a saúde suplementar e pensei: cheguei ao paraíso!

Veja Mais
Registro de produto na ANS: a quantidade de serviços da sua Operadora acompanha a realidade?

Com a obrigatoriedade do registro de produto na ANS, muitas Operadoras mantêm serviços fora de comercialização em sua rede, mas até onde isso é estratégico? Confira.

A Lei nº 9.656, de 3 de junho de 1998, veio com o intuito de solucionar “abusos” cometidos pelas Operadoras de Planos de Saúde, como, por exemplo, os Produtos Segmentados. Trouxe, também, a obrigatoriedade do registro de produto na ANS por:

Veja Mais
Produtos de valor agregado: nós podemos te ajudar nessa elaboração!

A elaboração de produtos de valor agregado corretos pode ser bom para seus clientes e ótimo para sua empresa. Saiba mais!

Em busca de melhores resultados, as operadoras de planos de saúde buscam alternativas para gerar novas oportunidades de negócios, se destacar no mercado e combater a concorrência. Para isso, muitas delas recorrem à criação de novos produtos de valor agregado.

Veja Mais
LGPD na saúde: saiba as diferenças entre tratamento de dados pessoais e dados sensíveis

Ainda falando sobre a Lei Geral de Proteção de Dados confira outros artigos sobre o tema no final deste texto –, hoje eu gostaria de falar sobre as diferentes hipóteses de tratamento de dados pessoais e dados sensíveis, previstas na Lei, nos 7º e 11º artigos, tema que tem gerado certa confusão.

Veja Mais
Sobre as novas regras para planos de saúde propostas recentemente pelas operadoras

Confira a nossa opinião sobre as novas regras para planos de saúde propostas recentemente por operadoras.

Na última semana, alguns jornais e sites divulgaram um movimento das operadoras no sentido de aproveitar o momento político do Brasil para mudar o que já está estabelecido e propor novas regras para planos de saúde.

Veja Mais
TOP